Ecos do Sínodo da Amazônia

Roma (Itália). Enquanto estão em andamento os trabalhos do Sínodo da Amazônia, são muitos os ecos, os debates, as hitórias, as reflexões, que chegam através dos meios de comunicação. Como Filhas de Maria Auxiliadora, temos a felicidade de ter diretamente no campo a presença de Ir. Maria Carmelita de Lima Conceição, Inspetora da Inspetoria Laura Vicuña de Manaus (BMA) e de Ir. Mariluce dos Santos Mesquita, da Inspetoria Sta.Teresinha (BMT) que participam na qualidade de auditoras.

Quais emoções , quais expectativas, que contribuição te foi pedida?

Foi uma grande emoção, pois não esperava participar deste momento tão importante da Igreja, no qual o tema central é a realidade da pan amazonia, onde as FMA atuam de maneira comprometida com a VIDA de milhares de jovens, famílias, nas escolas, comunidades eclesiais, itinerâncias, numa vida missionária de muita luta e sacrifício.

O Sínodo superou as expectativas, na organização, na seriedade com que são enfrentados os temas, o compromisso e testemunho de vida de tantos bispos, padres, religiosas, leigas e leigos, unidos em sinodalidade buscando novos caminhos para a Igreja.

Fui convidada pela Madre Yvonne a participar como representante da Vida Religiosa, através da União das Superioras Gerais e isso para mim já significa um compromisso de representar todas as mulheres consagradas, mães de família e um grande numero de mulheres que estão à frente de comunidades de fé que sustentam a Igreja presente em regiões distantes nos diversos países da pan amazonia.

Sínodo é caminhar juntos sob a inspiração do Espirito Santo . Quais são as temáticas que emergem com mais força?

O grande tema é a VIDA, os direitos dos povos, da natureza, de cada ser criado por Deus para viver em harmonia. As referências a Encíclical Laudato Sì são frequentes, assim como os demais documentos da Igreja.

Que clima se respira?

O clima é de muito respeito às intervenções, escuta das propostas considerando a proveniência de cada um, sua realidade e a busca de novos caminhos para a Igreja, numa conversão integral e pastoral.

A uma semana do inicio do sínodo, quais caminhos novos emergem para a igreja na Amazônia e para a igreja no mundo?

A missão evangelizadora da Igreja é a linha transversal, desde a formação dos presbíteros, da vida religiosa, a educação dos jovens, os desafios das grandes distâncias que dificultam a celebração da Eucaristia nas regiões mais isoladas e o reconhecimento do serviço das mulheres, a necessidade de enfrentar a violação dos direitos humanos e da natureza (trafico de pessoas, narcotráfico, contrabando de madeiras e minérios).

E para as FMA e o mundo salesiano?

A presença salesiana está profundamente vinculada à promoção e defesa da vida, pois está na Igreja com e para as novas gerações. Fico feliz em sentir que como FMA estamos contempladas em muitas propostas de cuidado com a vida, proteção da casa comum e a salvação do planeta.

Escrever comentário
2 comentários
21/10/2019 15:52:09 - Sr.MariaGrazia Caputo

Grazie per rappresentarci tutte in questo meraviglioso avvenimento sinodale!Partecipo da lontano con voi nella promozione e difesa della vita, nel riconoscimnento della dignità umana e la difesa dei diritti umani. Il Signore continui ad accompagnare i nostri passi.

16/10/2019 21:23:27 - sr.Teresa Szewc

Carissime Sorelle, sono molto contenta che avete l'opportunità di partecipare nel Sinodo così importante che tocca la Vostra realtà dove siete e operate per la promozione e difesa della vita, per l'educazione dei giovani e per la difesa dei diritti umani e della natura. Vi accompagno con la mia preghiera.


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.