Honestos cidadãos com o espírito salesiano

Turim (Itália). Os participantes das Jornadas de Espiritualidade da Família Salesiana, de 16 a 19 de janeiro de 2020 em Turim, Valdocco, no terceiro dia dos trabalhos enfrentam o tema “Honestos cidadãos/ãs com espírito salesiano hoje”, a partir da escuta dos convidados da Mesa Redonda coordenada por Pe. Moreno Filipetto, Responsável pela Comunicação da Inspetoria Salesiana de Piemonte e Valle d’Aosta (ICP).

No palco se alternaram:

Emma Ciccarelli, Salesiana Cooperadora, vice-presidente nacional do Fórum das Associações Familiares, representa as famílias na Consulta Nacional da Conferência Episcopal Italiana.

“Os problemas do cotidiano pertencem a todos nós. Não somos habitantes do céu, mas desta terra em que cada pessoa tem suas necessidades. Por-se a ouvir estas necessidades, responder não só com a proximidade, mas também construindo uma sociedade mais justa, creio que seja um imerativo nosso, como salesianos, porque temos um mandato, aquele que Dom Bosco nos deixou, o mandato da caridade apostólica, de encarnar o amor pelos jovens em obras concretas”.

Joaquim Maartín Calleja, Salesiano Cooperador, coordenador do acompanhamento de um grupo de Escolas Salesianas em Andalusia e nas Canárias (Espanha).

“A escola como lugar de encontro, onde se encontram os jovens em todas as situações, é um lugar no qual cuidar, uma plataforma de salvação integral da pessoa. É fundamental falar da pessoa como de um todo. Quando salvas uma pessoa, salvas no todo. A vida salesiana é uma oportunidade para salvar muitos jovens”.

Jorge Santos, Ex-aluno dos Salesianos de Lisboa (Portugal), foi Juiz e formador de Juízes. Dedica-se ao voluntariado nas situações de pobreza.

“Sempre me dediquei a alcançar uma justiça concreta e não formal. (...) Penso que hoje não podem ser cristãos os que não realizam voluntariado. Quero ser uma porta aberta para os pobres. Muitas vezes os pobres só têm a nós. É um dever fazer como Jesus Cristo fez”.

Nico Lotta, Salesiano Cooperador da Sicília e Presidente do Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS).

“De que parte estamos quando educamos? (...) Estamos da parte frente a um fenômeno epocal e estrutural da migração, especialmente com relação aos jovens vítimas do tráfico de seres humanos? A família salesiana, como nos lembra Pe. Angel, está profundamente ligada ao fenômeno migratório. O próprio Dom Bosco é um migrante que começa sua obra com meninos migrantes, envia os primeiros missionários para o serviço aos migrantes, na Itália e ainda em tantas partes do mundo continuamos este serviço com este espírito, plenamente inseridos no carisma salesiano”.

Para conclluir a manhã, antes da Celebração Eucarística presidida por Pe. Eusebio Muñoz, Delegado SDB para a Família Salesiana, o testemunho do empenho no território, das Ex-Alunas/os das Filhas de Maria Auxiliadora de Rossana, na província de Cuneo.

À tarde, as visitas dirigidas em Valdocco e em alguns lugares de Turim, às raízes dos “Bons cristãos e honestos cidadãos” e a partilha por Grupos da Família Salesiana, de pertença.

A jornada termina com a Festa em Família, animada pelos Noviços Salesianos do Noviciado do Colle Dom Bosco (Casternuovo d’Asti), na quel assistiram à apresentação de alguns representantes dos grupos da Família Salesiana e culminou com um breve teatro dos meninos da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) de Turim e a Boa Noite do Reitor Mor: “É bonito terminar a jornada assim, em meio aos meninos. Aqui em Valdocco tudo fala de Maria, de Dom Bosco. Não o gigante, mas o Dom Bosco que entendia que sua vida era uma vida simples de amor aos meninos – ‘Por vocês estudo, por vocês trabalho, por vocês estou disposto também a dar a vida’ (Dom Bosco) – para procurar o bem dos meninos e aproximá-los de Jesus. Somos uma Família que sonha, justamente como Dom Bosco. Sonhar o bem dos meninos, dos jovens, para que tenham vida com profundas convicções, para ajudá-los a ser bons cristãos e honestos cidadãos. A Família Salesiana de Dom Bosco hoje está mais viva que nunca!”

A XXXVIII Edição das Jornadas de Espiritualidade da Família Salesiana termina em 19 de janeiro com a Celebração Eucarística dominical, presidida pelo Reitor Mor dos Salesianos de Dom Bosco, Pe. Angel Fernández Artime e com o encontro conclusivo no Teatro Grande de Valdocco.

FlickrFMA

Escrever comentário
1 commento
25/01/2020 10:24:08 - Sr. Elizabeta

Le Giornate di Spiritualitä della Famiglia Salesiana sono state splendide, ricche. Grazie a tutti che gli hanno preparato.


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.