Família em festa

Família em festa

Roma (Itália). «Natal! Mistério de grande alegria, porque o Salvador da humanidade nasceu». Na tarde do domingo 18 de dezembro de 2016, na Casa Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, em Roma, as comunidades dependentes da Madre (RMA) e as noviças dos dois Noviciados internacionais, se encontraram para a troca de votos natalícios para a Madre e para as Irmãs do Conselho Geral.
Um encontro que se renova cada ano, mas que é sempre novo, porque renovado é o gosto com que se vive a expectativa, as esperanças que são guardadas no coração, o dom que Jesus traz para cada uma, que é Ele mesmo.

Um desejo de Alegria! Foi o fio condutor da harmonia de vozes, música e palavras, através das quais as noviças lembraram o mistério de Deus que, em Jesus, se fez carne entre nós. Nas notas da Ave Maria de Caccini-Vavilov contemplaram a alegria trepidante de Maria depois do anúncio do anjo; na doce melodia de Sto. Afonso Maria de Liguori acompanharam a alegria de quantos visitaram o Menino Jesus; por fim, com o hino à alegria, de Beethoven, cantado nas diversas línguas, expressaram a própria exultação pela vinda do Senhor. 

Um augúrio de Alegria, expresso pelas comunidades RMA. Com música e jogos de luz, narração e gestos, percorreram o mistério do nascimento de Jesus, o sim de Maria ao anúncio do Anjo, a alegria da festa dos pastores no presépio e a admiração e adoração dos Magos, a fuga da sagrada família para o Egito, a promessa realizada por Simeão e Ana, no Templo, a família de Nazaré, lugar do acolhimento da vida, da educação aos valores, escola de oração e de fé, morada dos pobres da terra e dos humildes de coração. Encerraram com os votos de serem “comunidades casa de Nazaré, onde o Deus Menino nos espera para tornar-nos mais irmãs, mais discípulas missionárias, mais Filhas de Maria Auxiliadora”.

A Madre e as irmãs do Conselho receberam um dom-símbolo da família humana, chamada a reproduzir os lineamentos da casa de Nazaré.
Madre Yvonne então tomou a palavra: «O que quer dizer que Jesus vem?  Pensemos na Síria, no Congo, e em tantas outras partes de onde vimos, nas quais as pessoas anelam a Paz. Isto nos faz viver o Natal na realidade. O fato de que Jesus vem, muda alguma coisa. Quando Ele está, há uma estrela que dá sentido. Se Ele não estiver, tudo é escuro, não há horizonte. A vinda de Jesus muda o Mundo. A nossa fé é profunda porque Ele nos sustenta. Peçamos a Jesus que ponha Paz em nossos corações. Quando a paz está em nós, cresce no Mundo. Sejamos mulheres de Paz. Deus conta conosco para ser um sinal de Paz. Aqui somos privilegiadas, porque podemos testemunhar que somos família». 

A Madre ofereceu a todas a Mensagem do Papa Francisco para a 50ª Jornada Mundial da Paz, sobre o tema “A não violência: estilo de uma política para a paz”, e disse: «Este Natal se faz oração, acolhimento do dom da paz e compromisso de fazer crescer este dom em nós e entre nós, para que possa irradiar sobre todo o Instituto e sobre o Mundo.  Jesus ajude cada uma a ver qual  germe de paz traz no próprio coração e fazê-lo desenvolver-se, mas também o que é preciso arrancar, para que a paz possa crescer. Desejo que com a graça de Deus cada uma possa fazer o caminho para que seu coração seja habitado pela paz e que todas juntas façamos crescer a cultura da paz.  Que seja um Natal de alegria, de paz e de bênçãos... enquanto esperamos um novo ano de paz!»

Foto: https://www.flickr.com/

Escrever comentário
1 commento
19/12/2016 09:36:06 - Aida

Hagamos fuerza de oración,para lograr la gracia de la Paz en el mundo sobre todo en la Siria,,.que belleza ver un grupo de Novicias con el Agurio a LA MAdre y a las hermanas consejeras...dejemos correr la alegria,la esperanza,por que esta pronto en llegar el PRINCIPE DE LA PAZ JESUS EL ENMANUEL DIOS CON NOSOTROS...un abrazo de paz. desde Siria. sor AidaAida


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.