Com Maria na escuta dos jovens

Roma (Itália). O âmbito para a Família Salesiana, preparando a Solenidade da Imaculada, compartilha a proposta da Novena no sulco do caminho sinodal.

O Instrumentum Laboris da XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos sobre os Jovens é ocasião e base da proposta para a Novena da Imaculdada. Algumas “palavras chave” do documento acompanharão a preparação da Solenidade da Tota Pulchra, modelo perfeito da Santidade descrita na carta aos Efésios: “Santos e imaculados no amor” e obra magnifica do Espírito Santo.

As “palavras chave” ajudam a refletir sobre a «conversão pastoral», imperativo indicado pelo Papa Francisco a toda a Igreja e retomado mais vezes nos Atos do CG XXIII como horizonte que solicita a assumir um novo compromisso na missão educativa (nº7 e 29).

A devoção à Imaculada marcou profundamente a vida e a apaixonada entrega apostólica de Dom Bosco e de Madre Mazzarello: um forte impulso para viver, hoje, mais coerentemente o Da mihi animas, coetera tolle.

A novena toma em consideração, cada dia, um aspecto do Instrumentum Laboris do Sínodo dos jovens. O texto, recolhendo as reflexões dos jovens que participaram do caminho pré-sinodal, é um apelo precioso para se confrontar com as exigências reais deles, a sair das seguranças e hábitos pastorais e educacionais, para ir-lhes ao encontro, lá onde eles realmente estão.

A estrutura da novena:

  • um tema do Instrumentum Laboris;
  • um versículo da Carta aos Efésios;
  • um breve comentário, que destaca os pontos de contato entre as perguntas dos jovens e o modo de agir de Deus na história, especialmente na história pessoal de Maria;
  • um pedido de graça, a ser dirigido a Maria no decorrer do dia;
  • algumas perguntas para um exame de consciência, que ajude a confrontar a vida com as solicitações dos jovens e com a experiência de Maria.

Viver a Novena na reflexão, no confronto e na oração escancara o coração para acolher com renovado empenho o caminho a percorrer, indicado pelo Sínodo.

Carta

Proposta

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.