Na solenidade da Imaculada

Roma (Itália). No dia 8 de dezembro de 2018 celebra-se a Solenidade da Imaculada Conceição de Maria, uma festa querida a Dom Bosco e preciosa na história do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e da Família Salesiana.

“Maria foi a inspiradora do Instituto e também a Mãe da nossa vocação comunitária e a Mestra da nossa espiritualidade” (C 4). “Nela encontramos uma presença viva e a ajuda para orientar decididamente a nossa vida para Cristo e tornar sempre mais autêntico o nosso relacionamento pessoal com Ele” (C 79).

Um acontecimento especial para a Madre Geral, as Irmãs do Conselho e para toda a Comunidade Internacional das Filhas de Maria Auxiliadora, com a presença do Cardial Dom Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano que presidiu à Celebração Eucarística da Solenidade da Imaculada.

No início da Celebração Eucarística, a Irmã mais jovem da Comunidade, levou um ramalhete de flores aos pés de Maria, para lembrar os compromissos de solidariedade, amor e paz assumidos durante a Novena da Imaculada.

Depois a Vigária Geral, Ir. Chiara Cazzuola, dirigiu as boas vindas a Sua Eminência, dizendo: «É uma alegria para nós tê-lo aqui, hoje, nesta Festa tão importante para a Igreja e para a nossa Família Salesiana. De fato, na Solenidade da Imaculada de 1841 Dom Bosco encontrou Bartolomeu Garelli, o primeiro de uma multidão interminável de crianças, meninos e jovens pobres, sozinhos, necessitados de ajuda. Com Bartolomeu rezou a Ave Maria, na certeza de que com Ela, a Mãe, teria podido ajudar aquele jovem e tantos outros. E assim aconteceu e assim acontece hoje ainda em todo o mundo onde nos dedicamos à educação dos jovens e das jovens».

Na homilia o Cardial, lembrando a Palavra de Deus ouvida, disse: «Hoje celebramos o pensamento de amor de Deus, que preservou Maria de toda mancha de pecado, desde o primeiro instante de sua existência. E a palavra que, neste dia, me enche de uma admiração especial é “Alegra-te cheia de graça, o Senhor está contigo”.

Três palavras, humildes mas densas de significado: entrando, chegando, apresentando-se a Ela – continuou Sua Eminência – exprimem o significado profundo da intimidade da Redenção. Maria, a Cheia de graça, desde sempre repleta do amor de Deus, é mediadora da salvação da humanidade.

Por fim sugeriu alguns passos para viver no cotidiano: «Compartilhar Jesus quer dizer compartilhar a própria intimidade. Ele nos quer dispostos a encontrar graça junto a Ele, quer que concebamos no fundo do nosso coração a vida nova do Reino de Cristo. E então, despertamos a capacidade de agradecer a Deus pela intimidade da Redenção. A capacidade de bendizer a Deus é necessária tanto para a nossa fé e missão, como para a autenticidade da nossa alegria. É de Maria que aprendemos a contemplação alegre do mistério da salvação».

No final da Eucaristia, em clima de familiaridade e alegria, o Cardial quis aproximar-se de cada Irmã do Conselho e da Comunidade Internacional. Teceu um breve diálogo com cada uma, em um encontro simples, que lhe permitiu conhecer os rostos das muitas Nações presentes na Casa Geral.

Madre Yvonne agradeceu então ao Cardial Dom Pietro Parolin por ter aceitado o convite para compartilhar com as FMA um dia tão significativo para o Instituto, compartilhou a alegria do encontro com Sua Eminência em sua primeira visita à Casa Geral das FMA e assegurou-lhe a oração de todas as Irmãs por sua preciosa e delicada missão a serviço do Papa e de toda a Igreja. Lembrou depois como a Imaculada tenha tido um papel significativo na vida de Dom Bosco e de Madre Mazzarello. Por isso as FMA são chamadas a viver a Solenidade da Imaculada como uma “ocasião de crescimento no amor filial à Virgem”, na esteira de Dom Bosco, para quem a Imaculada é presença luminosa e forte, ideal de vida para seus jovens, plenitude de doação a Deus e aos irmãos. [...] Madre Mazzarello exortava: “Estamos nos aproximando da festa da Imaculada. A nossa Regra quer que a celebremos com grande solenidade. Mas além disto deve ser uma das festas mais belas para nós, que somos Filhas de Maria”.

“Tudo começou com uma Ave Maria”, assim, desde que Dom Bosco encontrou Bartolomeu Garelli no distante 8 de dezembro de 1841, a Festa da Imaculada se tornou, para todo o mundo salesiano, também o Aniversário do Oratório! E são bem 177 as velinhas que neste ano foram acesas!

Maria é, de modo especial, para as FMA Mãe, porque gera na Fé. É necessário levá-la para casa, sem medo, para continuar com os jovens o caminho na Igreja, para sermos ‘casa’ que evangeliza, ‘escola’ que educa para a vida e ‘pátio’ para viver a amizade.

FlickrFMA

Escrever comentário
1 commento
09/12/2018 15:09:27 - Ir. Idalina Mareco

Auguri per questa festa! Saluti desde Angola-Benguela


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.