Centro de promoção da mulher

Centro de promoção da mulher

San José (Costa Rica). O CECAM.MM, Centro di Capacitación de la Mujer “Maria Mazzarello”, é um programa social que tem como objetivo a atenção prioritária à promoção da mulher. É levado em frente pela comunidade FMA de San José, da inspetoria América Central Sul (CAR) e tem sua sede no Colégio Maria Auxiliadora.

O Centro se propõe a acompanhar as mulheres no empenho de descobrir as suas capacidades para poder assumir gradualmente o ser protagonistas conscientes da construção de uma sociedade mais humana.

O Centro é um espaço aberto à diversidade intercultural que busca dar respostas às necessidades de acolhida e acompanhamento de muitas mulheres, migrantes por causa da pobreza e da guerra.

É oferecida uma proposta educativa chamada IPEC (Instituto Profissional de Educação Comunitária) que se propõe desenvolver de modo eficiente e eficaz programas, projetos e outras expressões próprias da educação dos adultos, para satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem da população, caracterizada pela exclusão do sistema educacional formal em um ambiente de desigualdade social.

É também um espaço de evangelização onde são propostos os valores evangélicos e a promoção integral da mulher.

Em síntese, a proposta educativo-pastoral do CECAM.MM é organizada em torno a quatro grandes áreas:

Área acadêmica, com a oferta de itinerários escolares a partir da escola primária até chegar à maturidade: Área de aprendizado, com muitos laboratórios, distintos também por níveis de competência, que vão desde o corte e costura, à estética, à cozinha, à contabilidade, à confecção de bijuterias, etc.; Área da catequese, com preparação aos sacramentos, oferecida aos adultos e formação humano-cristã baseada nos valores evangélicos; Creche “Miguel Magone”, onde são acolhidas crianças de diferentes idades, filhos e filhas das mulheres que freqüentam os diversos cursos e atividades; esta acolhida é promovida pelo Serviço Social dos estudantes da escola secundária do Colégio Maria Auxiliadora e por voluntários que dão apoio no estudo, em atividades pré-escolares, formação humana, trabalhos manuais e espaço lúdico proporcionado para diferentes idades.

O Centro tem como fim último “formar bons cristãos e honestos cidadãos”.

Escrevem nossas Irmãs: «A principal missão do centro é essencialmente a de oferecer às mulheres autóctones e imigrantes o espaço e a oportunidade de ter acesso à educação e promoção integral, a cada domingo, incrementando as suas possibilidades de inclusão na sociedade, desenvolvendo as próprias capacidades espirituais e bio-psico-sociais para a sua inserção progressiva e positiva no ambiente de trabalho.

A visão é estabelecer redes e alianças estratégicas com diferentes entidades e organismos eclesiais, educativos, governamentais e privados para fortalecer, qualificar e acompanhar o processo».

Até o momento são 700 as mulheres que freqüentam o Centro e a idade é de 15 a 85 anos, autóctones e imigrantes, com pouquíssimos recursos econômicos.

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.