A Madre na Cambogia

A Madre na Cambogia Phnom Penh (Cambogia). No dia 19 de fevereiro a Madre chegou a Cambogia, acolhida pelas irmãs da Inspetoria Maria Nosso Auxílio (CMY) que compreende Cambogia e Myanmar, e cerca de mil jovens das três escolas fma de Teuk Thla, Tuol Kork e Phom Chreh.

Madre Yvonne, expressou logo a sua alegria de encontrar-se entre eles e pediu: “Fico muito feliz porque me vem o desejo de permnecer aqui. Vocês me aceitam?” E os jovens e as jovens com entusiasmo gritaram o seu “SIM”.

A mensagem de boas vindas teve como fio condutor aquele de ser uma grande família. A Madre que apreciou muitíssimo o espetáculo pelo seu conteúdo e pelo modo como todos participaram e deixou 04 pontos importantes para reflexão: Ser todos amigos e ajudar-se mutuamente; Ser sempre alegre; Tornar felizes todos aqueles que estão a sua volta; Crer que Deus nos ama e Maria nos acompanha.

A Madre aceitou pois ser intrevistada por uma ex-aluna do curso para Secretárias, da casa de Tuol Kork, que no momento está atuando no setor de comunicação da diocese de Phnom Penh. Madre Yvonne respondeu principalmmente a duas perguntas: uma sobre a finalidade da sua visita e uma sobre a futura programação da presença das FMA na Cambodia.

“Eu vim – disse – para conhecer as irmãs, os jovens e os nossos colaboradores aqui na Cambogia. Em uma família devemos nos conhecer. Quero ver as nossas Comunidades no contexto cultural e social no qual atuam”. “Tenho esperança – continuou – de que se possa dar maior impulso à educação nas nossas Escolas levando-as até o Nível Superior. Creio que as ex-alunas podem colaborar conosco specicialmente no campo da formação profissional, na busca de novas exigências do mercado e na busca de ocupação”

No final da tarde a Madre saudou as autoridades civis e religiosas, os representantes de várias Organizações não Governamentais e os colaboradores leigos e amigos das fma. Todos, nos seus comentários expressaram sua estima pelas fma presentes na cambogia e pelo carisma salesiano.

O Bispo Auxiliar de Phnom Penh Mons. Olivier Schmitthaeusler recordou um episódio de alguns anos, no qual no pedido para abertura de mais Escolas por parte das FMA foi respondido que não havia irmãs. Ele insistiu dizendo: “1 Escola-1 irmã é mais que suficiente!”. Nessa ocasião Ir. Sarah Garcia,hoje inspetora havia procurado fazer-lo compreender que o nosso modo de educar é um pouco diferente. Requer um acompanhmento que coloca a pessoa no centro, não se faz só instrução. À distância de anos o Bispo reconheceu a veracidade da resposta de Ir. Sara e depois de um longo elogio sobre a obra das fma afirmou claramente como que a Igreja na cambogi é de sorte pela presença das Irmãs fma onde as meninas recebem uma formação integral, redescobrem sua dignidade, são amadas se sentem amadas e são preparadas para inserir-se como membros ativos na sociedade, e para concluir sua colocação disse: “Espero que possam se possam abrir no futuro mais Escolas para ajudar a cambogia. Pedimos a Deus mais vocações locais e a Ela, Madre Yvonne, mais irmãs para esta terra.

O representante do Ministério da educação Sr. Cia Ciat, por sua vez, continua na sua mesma linha. Reconhece que a Escola Pública não consegue alcançar os pobres e a instrução continua ainda um privilégio de poucos. Fala com muito propriedade e destaca como as Escolas das fma são mesmo para os pobres e o método usado é muito apreciado pelo Ministério: “as crianças sem esperança – disse – encontram nesta Escola nova esperança, quem estuda em suas Escolas é memo privilegiado. – e conclui dizendo – Em nome do Ministro do trabalho e Formação Profissional agradeço-lhes e peço-lhes que continuem a nos ajudar”.

A Madre escuta e conclui com uma saudação que deixa todos contentes e admirados pela clareza e simplicidade com que fala. Agradece os presentes porque a contribuição deles é necessária e importante para poder levar em frente a nossa Obra. Reafirma o quanto a educação seja um ponto fundamental ao qual se deve dar a primazia absoluta em toda sociedade. E com muita firmeza disse: “Devemos dar atenção a todas as dimensões da pessoa, humano e espiritual, a realização do homem é fundamentada no amor, o nosso sistema educativo não pode pescindir dos 03 elementos: Razão, Religião e Amorevolezza”.

Na conclusão a Madre disse: “O mondo tem necessidade de Esperança, Dom Boso esperou toda a vida. Nós devemos dar esperança ao mundo. Maria nos ajude a levar esperança”.

Escrever comentário
3 comentários
23/02/2010 - Sr. Bénédicte

Che gioia ricevere notizie della nostra Madre! Che nostalgia dopo l'incontro delle neo ispettrici ! E viva tutta la gioventù della Cambogia e le scuole salesiane! Tanti saluti e tanta preghiera, carissima Madre, carissime Sr Teresita e sr Sara ! Affidiamo a Maria tutti i vostri incontri. Sr Bénédicte (BEB)

22/02/2010 - Sr Marinella Castagno

La Cambogia mi è rimasta nel cuore e quanto il messaggio ci dice della gioia della Madre per gli incontri con giovani, suore, autorità ..è certamente un minimo di quanto ha provato. Maria ,nostra Aiuto , continui ad accompagnare le sorelle perchè la speranza comunicata loro dalla Madre le sostenga nel non facile cammino

22/02/2010 - Mattarelli Enrichetta

Carissima Madre invoco per lei tanta Luce di Spirito Santo,affinchè la Sua visita porti a tutti gioia amore e speranza.


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.