Lettera della Madre per le sorelle del Cile

Lettera della Madre per le sorelle del Cile Caríssima Irmã, enquanto eu estava em visita no Timor-Leste, a 27 de fevereiro, um forte terremoto sacudiu o Chile atingindo seis regiões do país. Subsequentemente, um tsunami submergiu parte da costa. Após o Haiti, o terrível terremoto afetou também o atendimento do Instituto em todo o Chile. Imediatamente, enviei uma mensagem à Inspetora, Irmã Aurélia Rossi, e às Irmãs da Inspetoria São Gabriel Arcanjo para garantir a nossa união na oração e na solidariedade do Instituto, neste momento de sofrimento.

As Irmãs foram fortemente afetadas pela experiência, pela força extraordinária do terremoto e pelos danos que sofreram nossas casas. Várias escolas têm de ser reconstruídas completamente ou em grande parte, especialmente nas cidades de Santiago, Talca, Molina, Santa Cruz, Linares ... .

Este período coincide com a retomada do ano letivo. Continua a ser difícil prever agora como e quando a maioria das escolas será aberta para acolher os alunos e estudantes. O povo não perde a coragem e está decidido a reconstruir o Chile. Várias famílias das Iirmãs perderam as suas casas e bens.

Durante o XXII Capítulo Geral, traçamos uma orientação sobre a pobreza pensando na situação mundial em que vivemos em nossa missão entre os mais pobres. Nos últimos meses, vários desastres naturais aconteceram interpelando a nossa solidariedade com aqueles que perderam tudo. O apelo é forte para nos deixarmos comover pela pobreza, compartilhando o que somos e o que temos. Nós cremos que Jesus ainda pode multiplicar os pães e peixes para alimentar a multidão de que ele sente compaixão. É por meio do nosso coração que Jesus sente compaixão por aqueles que perderam tudo.

Nossa preocupação com o Chile, com o Haiti, é que as escolas possam funcionar para atender a uma necessidade vital da sociedade, tendo em conta o presente e o futuro. Estamos certas de que o Senhor não abandona o seu povo e que tem um cuidado especial com as crianças: meninos, meninas e jovens que têm fome e sede de educação.

Embora continuemos a apoiar as nossas Irmãs no Haiti, procuremos ajudar, também, as comunidades do Chile. No final de março, a Ecônoma geral, Irmã Vilma Tallone, vai viajar para lá e discernir com a Inspetora, Irmã Aurélia Rossi e irmãs da Inspetoria, como continuar o caminho, como planejar o futuro para as escolas, que foram seriamente danificadas.

Estudarão todos os projetos viáveis para irem em auxílio das comunidades educativas que estão necessitadas.

Em nome das Irmãs do Conselho, agradeço a todos os gestos de solidariedade que nos comoveram. Eles são um sinal do nosso espírito de família que nos leva a compartilhar da nossa pobreza.

Somos gratas a Deus pelo dom precioso da vida de todas as Irmãs. Todas sentem a responsabilidade de continuar a dar, totalmente, suas vidas - que foram preservadas e protegidas de maneira especial - à missão.

Às Irmãs do Chile e do Haiti, asseguro o sustento, através da oração e da solidariedade da nossa família.

Desejo-lhes uma boa continuação do caminho quaresmal para a Páscoa: Nossa vida seja um sinal da presença de Jesus ressuscitado no mundo, como uma fonte de esperança inabalável. Maria Auxiliadora as guarde e sustente no amor.

Com grande afeto e gratidão.
Madre Yvonne Reungoat

Escrever comentário
2 comentários
16/03/2010 - Sr. Runita

Grazie, Madre, per la tua vicinanza alle tue figlie. Alle nostre sorelle e comunità educanti del Cile, mi unisco a voi in questo momento difficile. Vi ricordo nella mia preghiera, perché questa situazione susciti iniziative di coraggio e di solidarietà. E` un tempo provvidenziale per sentirci figli e figlie del Padre, e quindi fratelli e sorelle. Maria Ausiliatrice vi faccia sentire la sua presenza materna.

15/03/2010 - Ir Ercilde, BPA

Obrigda querida Madre Yvonne pela missiva na qual nos comunicou noticias da situação das casas e das irmãs do Chile, tão provadas na enorme catástrofe em consequencia do terrremoto ocorrido em 27 de fevereiro. A comunicação e as informações nos ajudam mantermo-nos ainda mais unidas às irmãs e ao povo atingido nas castástrofes que ultimamente vão se acontecendo de forma muito frequente. Rezamos também pela sua viagem e visita. Que Maria Auxiliadora nesta novena que se iniciou hoje assom como São José, Patrono do Instituto continuem protegendo fortemente a todos nós, mas especialmente às irmãs e a Familia Salesiana do Haiti e Chile. Abraço e preces


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.