Encontros de Mulheres na T.I. São Marcos

Encontros de Mulheres na T.I. São Marcos

Neste mês dedicado à mulher, nós irmãs salesianas da aldeia São Marcos, (Laurinda Dias, Ivone Goulart, Elizângela Arruda, Aparecida Zeferino, as voluntárias Josina Silva e Andressa Eloisa) programamos visitar várias aldeias e promover encontros das mulheres em preparação à Páscoa, Campanha da Fraternidade: “Economia e Vida”, Estréia do Reitor Mor: “Senhor, queremos ver Jesus” e sobre puericultura. Convidamos para falar com as mulheres a Ir. Elza Ribeiro, da Barra do Garças, por ser conhecida das/os anciãs/os, pois já morou aqui nesta terra 3 vezes, no começo destas aldeias.

O primeiro encontro aconteceu no dia 20 de março, na aldeia Jesus de Nazaré , contamos com a presença da Eurípia da Pastoral da Criança e presidente do Conselho de Alimentação do Estado. Participaram 29 mulheres e 3 homens. A tradutora foi Josina.

Dia 23 aconteceu o segundo encontro, este foi na aldeia Vila Maria , foi difícil de chegar, deixamos o carro na estrada e marchamos a pé o restante do caminho. Lá encontramos bela paisagem, muita plantação de mandioca, milho xavante, feijão, batata, amendoim, frutas; ganhamos mandioca e ramas para plantar. Estiveram presentes 10 mulheres e 5 homens. O tradutor foi o vice cacique Serafim.

O terceiro encontro aconteceu no dia 24, tomamos o rumo da aldeia Nova Jerusalém , lá reunimos 16 mulheres.

Dia 26, pela manhã, quarto encontro, aldeia Aparecida , levantamos bem cedinho e ao chegar lá já estavam reunidos, havia a celebração de Ramos. Após a celebração o Padre Miguel Gaya ficou a disposição de quem desejasse confessar e nós começamos a reunião com 18 mulheres. A Josina esteve presente como tradutora.

No período da tarde, quinto encontro, fomos a aldeia Salvador, com a animada tradução do Valdemar foi possível falar com 26 mulheres e 3 homens. Fomos interrompidos pela chegada do dentista que logo após a entrega do kit (escova, pasta)aos moradores, nos deixou e assim foi possível continuar o encontro.

Dia 27 pela manhã, sexto encontro, aldeia Santíssima Trindade , pontes perigosas, estrada ruim, mas chegamos. Lá encontramos 8 mulheres, 4 homens. Entre as mulheres havia duas da aldeia Inkas.

No período vespertino, sétimo encontro, fomos a aldeia Fátima , lá reunimos 32 mulheres e 3 homens, um deles, o Felipe foi o tradutor. Concluímos com a possibilidade de confissões pois em seguida houve a celebração da festividade do domingo de ramos, presidida pelo nosso Pároco Padre Osmar Resende, Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. As crianças e os waptés estavam todos pintados e muito bonitos para este evento, cantaram animadamente. A comunidade toda reuniu para a celebração, mesmo sob uma forte chuva. Foi difícil para retornarmos, as estradas estavam lisas como sabão e o carro pequeno não ajuda, e a noite já havia engolido o dia. Mas chegamos!

Dia 28 bem cedinho fomos para a aldeia Guadalupe , houve missa e procissão de ramos, presidida pelo Padre Osmar e esteve junto conosco o clérigo Douglas Crystiano, em seguida aconteceu o encerramento do Curso de Tricô para as mulheres desta aldeia, ministrado pela Ir. Maria Aparecida Zeferino. Lá aconteceu o oitavo encontro, reunimos 33 mulheres e 2 homens.

No final da tarde fomos à aldeia Sagrada Família , encontramo-nos com 17 mulheres, foi o nono encontro.

Conseguimos reunir 189 mulheres e 20 homens.

Em todos estes encontros houve o dobro de crianças que compareciam, estiveram presentes ao lado das mães ou brincando por perto, mas não dispensavam o lanche que no final dos encontros era servido às mulheres.

Estes encontros só foram possíveis porque contamos com a parceria e o apoio econômico das Pontifícias Obras Missionárias, da Federação Mundial das Ex-alunas, através da Onlus “Non Uno di Meno”, e do benfeitor dott. Ercole Lucchini. A todos eles nossos agradecimentos em nome das mulheres xavante de São Marcos.

Os encontros irão continuar nos meses de abril, maio e junho. Queremos atingir 80% das 33 aldeias desta reserva. Os cursos também continuam, (no ano passado foram feitos em várias aldeias). Em abril está previsto tricô na aldeia Fátima, pintura em tecidos na aldeia Jesus de Nazaré e na aldeia Aparecida. Chinelos enfeitados na aldeia N. S. das Graças e aldeia Hu uhi.

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.