As FMA no Haiti depois do terremoto: artífices de vida e de esperança

As FMA no Haiti depois do terremoto: artífices de vida e de esperança

Porto Príncipe ( Haiti ). Nos dias passados, no Haiti, se encontraram diversos grupos que estão coordenando a ajuda para a população atingida pelo terremoto de janeiro passado. Em nome do Âmbito da Administração, esteve no Haiti a Ir. Rosangela Giorgi, que conta o que já se faz e o que falta ainda realizar.

“As FMA no Haiti, chegaram em La Saline, Pétion-Ville, já demolidas, porque estavam irrecuperáveis, Thorland, Cidade Militar e Cidade Lintheau, a mais de dezesseis mil pessoas, através de oportunas intervenções que consistiram em acolher, com tendas, para refeições e para necessidades várias, até o apoio psicossocial e espiritual e, atualmente, a retomada da escola e das várias atividades educativo-pastorais.

Particularmente significativa continua sendo a colaboração, no lugar, dos voluntários de Vides USA , Vides Internacional, Médicos do Mundo e voluntários das Antilhas.

Mesmo numa situação precária, no dia 12 de abril, debaixo de tendas ou nos ambientes ainda utilizáveis, crianças, adolescentes e jovens ficaram felizes e prontos a retornar a suas escolas, centros juvenis, para partirem juntos novamente. Em uma situação de extrema pobreza é impressionante relevar o empenho de mães para apresentar na escola as suas filhas, porque estão convencidas de que a escola, com tudo que oferece, é um dom precioso.

Ativa e capaz de dar alguma segurança foi a colaboração oferecida pelo Instituto FMA, pelas Irmãs da Inspetoria Antilhana e pelos Organismos de várias partes do mundo. Isto permitiu prestar serviços vários: em nível educativo, médico, higiênico-sanitário, alimentar, além de dispensar uma atenção particular às crianças e às meninas que ficaram órfãs ou sozinhas para enfrentar esta pesada emergência.

No Encontro convocado pelos Salesianos de 10 a 13 de abril, com procuradorias missionárias e ONGs empenhadas na reconstrução , participaram, em Porto Príncipe, Ir. Marie Claire Jean, Inspetora, Ir. Rose Monique Jolicoeur responsável dos projetos, Ir. Rosangela Giorgi representando o Instituto e Ir. Suzanne Dauwalter, ecônoma inspetorial da Inspetoria São Filipe Apóstolo – USA, que colabora com a Procuradoria missionária de New Rochelle.

A apresentação da situação das FMA no Haiti e das perspectivas previstas pelo plano estratégico para uma reconstrução e retomada plena fez emergir uma atenção particular para as FMA por parte de DMOS-COMIDE de Bruxelas, para nossas obras educativas em Pétion-Ville e por outras como “Jugend Eine Welt” – Austria em nível sócio-educativo, como também pela Procuradoria de New Rochelle para intervenções mais urgentes que permitam a retomada das aulas e pela “Jugend Dritte Welt” de Bonn ( JWD) para oferecer uma bomba para o poço de Thorland.

Significativa foi também a análise do terreno em Pétion-Ville, realizada por uma equipe de especialistas canadenses “Builders without borders”, também presentes no enconstro, verdadeiramente importante antes de projetar a reconstrução.

As intervenções necessárias com a retomada das atividade exigem a construção de muros externos caídos em várias obras presentes na Inspetoria, além de material didático, refeições para as crianças , cuidados médicos, assistência psicossocial, salário para professores e enormes reparações nos prédios danificados.

Observando a situação no contexto global do Haiti pós-terremoto, é preocupante a inércia e a falta de presença política e organizativa por parte do governo, que deixa espaço às pessoas, às várias instituições e organismos presentes para organizarem como acham, sem um plano de reconstrução divulgado para conhecimento da população que quer ressurgir e reconstruir, colaborando em vários níveis, quando encontra espaço de proposta, de sustentação e de ajuda ”.

Escrever comentário
Não há comentários a esta entrada.
Seja o primeiro a comentar!

OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.