Ecos profundos da festa da Gratidão!

Ecos profundos da festa da Gratidão!

Tóquio (Japão). Retomemos alguns trechos interessantes de uma carta que a Inspetora, Ir. Francisca Yukiko Wakamatsu enviou recentemente a todas as irmãs da Inspetoria. «Agora é tempo de fazer apelo a todas as nossas energias... Este é também o significado do slogan da festa da Gratidão 2011: “Coragem, a luz ainda brilha.”

O povo japonês está caminhando rumo ao futuro, rumo a reconstrução do nosso País. Há muitas pessoas que, animadas pela palavra: “Coragem Japão”, vão em frente com esperança em perspectiva de futuro. É uma notícia maravilhosa sentir que os jovens, que com frequência dizemos ser preguiçosos, estão trabalhando com entusiasmo e demonstrando tanta preocupação». Ir. Francisca, após a apresentação de algumas experiências onde vêem os jovem como protagonistas, compartilha com a Inspetoria o texto de um artigo no qual se destaca a admiração em relação ao povo japonês da parte de outros Países. «É um artigo que exprime a maravilha sobre o comportamento de nós japoneses logo após o desastre» ressalta Ir. Francisca, E apresenta integralmente o artigo. «Dez coisas a serem aprendidas do Japão: A calma. Nem mesmo uma imagem de prostração ou de dor violenta. A própria dor foi elevada.

  • A dignidade. Filas de pessoas disciplinadas, tanto para os serviços quanto para os supermercados. Nem mesmo um gest, uma palavra vulgar.
  • A habilidade incredível de arquitetos. Por exemplo, os edifícios balançaram, mas não caíram.
  • A delicadeza. O povo cooperava, contentando-se só com o necessário, de modo dava para todos.
  • A ordem. Nenhum roubo nas lojas. Nenhum ruído ou perturbação nas ruas. Só entendimento.
  • O sacrifício. 50 trabalhadores estrangeiros horas para bombar água marinha no reator. Poderão nunca serem recompensados?
  • A ternura. Os restaurantes baixaram os preços. Os fortes cuidam dos fracos.
  • Treinamento. Seja os idosos ou as crianças: todos sabiam exatamente que coisa competia a eles fazer, e o fizeram.
  • A mídia. Demonstraram grande sobriedade nas notícias. Não havia reportagens superficiais. Somente reportagens com conteúdo.
  • A consciência. Depois que faltou a luz, as pessoas colocaram as coisas nas prateleiras e saíram com calma.

Quando leio artigos como este, conclui a Inspetora, sinto que nós FMA da Inspetoria japonesa somos fortemente interpeladas a viver intensamente nossa identidade de FMA segundo nossa cultura. Pensando bem, esta vida honesta nos foi ensinada desde pequenos pelos nossos pais e mestres. Quando Francisco Saverio colocou os pés no Japão pela primeira vez no séc. XVI, ele ficou admirado pela retidão dos japoneses e os pelo seu senso moral: foi uma boa educação dada na família e na escola. Pode-se dizer que esta grave situação, fez o povo voltar à sua verdade profunda. “Coragem! A luz ainda brilha”. “Coragem, Japão!” ».

Escrever comentário
3 comentários
30/05/2011 - christine

Merci, Sr. Francesca, pour ton partage ! Je sens, que cette interpellation n’est pas seulement pour vous. En lissant tes paroles partagées, moi aussi je me sens fortement interpellées pour vivre pleinement notre identité de FMA selon vos valeurs vécues dans les épreuves. Nos jeunes ont besoins de ces exemples pour se réorienter dans leur recherche du sens de vie donnée.

29/05/2011 - elena fma

Grazie di vero cuore, sorelle care del Giappone, insieme ai `vostri` giovani e alla `vostra` gente: siete un grande esempio di civiltà dell`amore in questo tempo segnato da confusione e disperazione... Ci avete detto con l`esempio che al centro di tutto, anche delle tragedie più immani, ci sono le persone e la fraternità. Grazie... nell`azione educativa faremo conoscere ad altri popoli la vostra esperienza, perché è possibile!

28/05/2011 - Sr.Satowaki Franca

Sr.若松 今回の震災の意味を時々問われますが やはり山浦先生が先日テレビで話してくださったとおり、神様の前で「エロイ、エロイ、レマ サバクタニ!」というダビデ王の祈りを主と共にささげたいものです。 Sr.茅野から勧められて書きました。


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.