Vocês, quem dizem que eu sou?

Vocês, quem dizem que eu sou? Depois de uma longa noite, passada ao aberto, acampados com sacos de dormir e tendas improvisadas, os jovens, nesta manhã foram acordados com o canto de Laudes.
Com calma, ainda sonolentos, recolocam suas coisas para dar espaço a outros peregrinos que se unem para a Celebração Eucarística.  O Papa chega e saúda os jovens dirigindo-lhes um afetuoso bom dia. 
Durante a homilia o Papa Bento XVI, comentando as palavras do evangelho “E vocês, quem dizem que eu sou”, disse: «Nós, de nossa parte, conscientes da grandeza do seu amor, desejamos corresponder com toda generosidade a este sinal de predileção, com o propósito de partilhar também com os outros a alegria que experimentamos. Certamente, são muitos atualmente aqueles que se sentem atraídos pela figura de Cristo e desejam conhecê-lo melhor.  Percebem que Ele é a resposta para muitas de suas inquietações pessoais.  Mas quem é Ele verdadeiramente?  Como é possível que alguém que viveu na terra há tantos anos tenha alguma coisa a ver comigo, hoje?»
Mas os jovens, o que falam de Jesus, o que sabem sobre Ele e o que transmitem? «Queridos jovens – continuou o Papa – também hoje Cristo se dirige a vocês com a mesma pergunta que fez aos apóstolos: “Mas vocês, quem dizem que eu sou?”  Respondam-lhe com generosidade e audácia, como corresponde a um coração jovem como o de vocês. Digam-lhe: Jesus, eu sei que Você é o Filho de Deus, que deu a vida por mim. Quero segui-lo com fidelidade e deixar-me guiar pela sua palavra. Você me conhece e me ama. Eu confio em Você e coloco a minha vida inteira em suas mãos. Quero que Você seja a força que me sustenta, a alegria que nunca me abandona».
O Papa Bento XVI parece responder às dúvidas que tantos jovens manifestam durante suas conversações, quando disse que amar Cristo significa amar também a Igreja, porque ninguém pode salvar-se sozinho.   
Mais uma vez se dirige aos jovens chamando-os de queridos: «Queridos jovens, permitam-me que, como Sucessor de Pedro, eu os convide a fortalecer esta fé que nos foi transmitida pelos Apóstolos,  a colocar Cristo, o Filho de Deus, no centro de suas vidas.  O mundo precisa do testemunho de fé de vocês, precisa certamente de Deus.  Penso que a presença de vocês aqui, jovens vindos dos cinco continentes, seja uma prova maravilhosa da fecundidade do mandato de Cristo à Igreja: « Vão por todo o mundo e proclamem o Evangelho a toda criatura» (Mc 16,15).  Também a vocês cabe a extraordinária tarefa de ser discípulos e missionários de Cristo, em outras terras e lugares, onde há uma multidão de jovens que aspiram a coisas maiores e, descobrindo nos próprios corações a possibilidade de valores mais autênticos, não se deixem seduzir pelas falsas promessas de um estilo de vida sem Deus».
E, para sublinhar ainda uma vez a importância de ser testemunhas e discípulos, o Papa abençoa e consagra o crucifixo de cinco jovens, representantes dos cinco continentes, o mesmo crucifixo que cada jovem encontrou na sua mochila.

Escrever comentário
2 comentários
22/08/2011 - sr Mariangela

Che bella questa GMG!L`ho seguita attraverso la TV e ha dato tanta carica anche a me! Che gioia vedere lì anche Madre Yvonne e don Pasqual Chaves !Ora speriamo di poter contagiare le nostre comunità con questa speranza econ quasta fede che il Papa ha regalato a tutta l`umanità.L`Ausiliatrice ci sostenga e ci sproni!

22/08/2011 - Sr Agnès

Jeunes !... C`est formidable ce que le Pape vous dit !.... Ecoutez-le !.... Gardez dans votre mémoire et surtout dans votre coeur votre expérience des JMJ. Moi, il y aura bientôt 50 ans que j`ai opté pour le Christ. J`en éprouve encore aujourd`hui un bonheur immense !... Le Seigneur a besoin de nous, de vous ......


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.