“A autêntica cultura do encontro”

“A autêntica cultura do encontro”

Roma (Itália) – Sexta feira 2 e 3 de maio, na Faculdade Pontifícia Salesiana (UPS), realizou-se a jornada de reflexão e confronto, com o tema “Comunicação a serviço de uma autêntica cultura do encontro”, inspirado na Mensagem do Papa Francisco para a XLVIII Jornada Mundial da Comunicação Social do próximo dia 1º de junho.

As jornadas de formação foram organizadas pelo Setor da Comunicação Social dos Salesianos, pelo Âmbito da Comunicação Social FMA, pela Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação “Auxilium” e pela Faculdade de Ciências da Comunicação (FSC), e delas participaram cerca de 150 Salesianos e Filhas de Maria Auxiliadora entre noviços/as, posnoviços, teólogos e junioristas.
O encontro começou com uma oração e as saudações dos dois Conselheiros Gerais,  Pe. Filiberto González (SDB) e Ir. Giuseppina Teruggi (FMA), da Presidente do Auxilium, Ir. Pina Del Core e do decano da FSC, Pe. Mauro Mantovani, que lembraram os objetivos e o tema do encontro.

Seguiu-se a mesa redonda, introduzida por um vídeo de entrevista a alguns adolescentes, sobre o valor e as atitudes exigidas para viver uma autêntica cultura do encontro, realizado pelo Prof. Enrico Cassanelli (FSC).
Pe. Donato Lacedonio, sdb moderou as intervenções dos três relatores que evidenciaram diversos elementos da “comunicação autêntica”, a partir dos aspectos antropológicos e morais, educativos e pastorais, em contextos particularmente problemáticos, com referência ao ambiente digital e aos “desafios de sentido” que isto coloca especialmente para os jovens.

Ir. Maria Spólnik (Auxilium) sublinhou que «uma autêntica cultura do encontro é uma exigência antropológica, brota da identidade da pessoa e compromete sua vocação, envolvendo a totalidade das experiências humanas: consciência, liberdade, capacidade de escolha, afetividade, atuação moral, sofrimento, tempo, promessas feitas (os votos religiosos), vida comunitária, missão. Para encontrar-se, é preciso decidir se encontrar.  Isto supõe a disponibilidade e a disposição de sair de si (trata-se de um êxodo intelectual, afetivo e moral) e entrar em relação; decidir proteger a relação,  cuidar dela,  permanecer nela,  ser-lhe fiel, permanecer custe o que custar, estar pronto a pagar pessoalmente para que os laços não se rompam, mas se reforcem e se robusteçam». 
Pe. Domenico Ricca (Federação SCS/COS, Capelão do Cárcere de Menores de Turim), que a partir de sua experiência de proximidade com os meninos encarcerados contou o que significa fazer-se próximo e com quais estratégias comunicativas chegar aos jovens mais pobres e abandonados: “a estratégia da normalidade... olhar os meninos sem preconceitos; ter um  coração oratoriano, construir uma relação educativa, respeitosa da história deles, e de suas famílias,  não instrumental, não de imitação, livre e libertadora, capaz de deixá-los livres para voar com suas asas; que sabe fazer memória e constroi futuro, respondendo às necessidades relacionais presentes nos meninos, que também eles, sempre, são portadores de um projeto salvífico de Deus.
Padre Paolo Benanti (Universidade Gregoriana) que fez uma análise da sociedade digital percorrendo as etapas de sua evolução e do compromisso cristão nas relações digitais. «Não estamos na internet por um fim, mas para construir sentido; Internet não é um espaço para ocupar, mas um tempo para viver» ele afirmou. 
As reflexões propostas pelos relatores foram discutidas pelos participantes, antes com um compartilhamento em grupos e depois no debate assemblear.
Na noite de 2 de maio aconteceu uma alegre confraternização animada pelas noviças das Filhas de Maria Auxiliadora e concluída com a “boa noite” do Reitor da UPS, Pe. Carlo Nanni.

No segundo dia de trabalho, sábado, 3, foram realizadas nove oficinas de aprofundamento, orientadas por especialistas: Canção e comunicação musical;  Cinema, cultura do encontro;  Story-telling;  Teatro;  Comunicação Intercultural;  A Rede, como caminho de encontro e de proximidade;  Palavra de Deus e comunicação para a proximidade;  Escuta, aprender a arte do diálogo;  Quando a comunicação é autêntica? depois das quais houve uma apresentação viva e produtiva da atividade realizada em cada uma das oficinas no encontro assemblear da tarde, moderado por Ir. Anna Rita Cristaino. 

Os momentos de oração e a Eucaristia do sábado,3, presidida por Pe. Gonzálex, foram preparados e dirigidos pelas comunidades e pelos grupos dos participantes.

O encontro se concluiu com as sínteses finais de Ir. Teruggi e Pe. Filiberto, que sublinharam a exigência de favorecer processos de crescimento, de cuidar  da dimensão comunitária da ação educativa e pastoral, de testemunhar a alegria e a beleza de ter encontrado Jesus, de não renunciar à relação interpessoal “tu a tu”, de crer nos recursos positivos dos próprios interlocutores e de insistir sobre eles, de “habitar” os novos ambientes digitais sabendo interceptar e endereçar as perguntas de “sentido” presentes neles, e exercitando ao mesmo tempo um prudente discernimento crítico.  Assim se pode incidir sobre uma comunicação a serviço da cultura do encontro. 

Materiali: http://www.cgfmanet.org/

Escrever comentário
1 commento
09/05/2014 22:25:23 - sr. Nunzia

Carissima Sr. Giuseppina, sapere che il nostro Istituto segue con interesse quanto il santo Padre propone perchè divenga oggetto di riflessione per tutti mi riempie il cuore di gioia. Il tema della comunicazione sta alla base dell'incontro, ma non sempre riusciamo ad interiorizzarne il valore. Spesso comunichiamo a vuoto per cui le nostre relazioni rimangono terra terra, razzoliamo. Mi chiedo: quando imparerò a volare? L'esperienza di Paolo mi apre gli occhi alla speranza:se mi lascerò folgorare dalla luce del Figlio di Dio la mia vita sarà capace di testimoniare la gioia e la bellezza di aver incontrato Gesù. Mi affido alla guida materna di Maria. BUONA FESTA DI MARIA AUSILIATRICE!


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.