Peregrinos de verdade e de paz

Peregrinos de verdade e de paz

Roma (Itália). «A paz é uma pessoa, - repetiu com frequência o Papa Francisco – é o Espírito Santo». A Solenidade de Pentecostes é, pois, uma ocasião para invocar a Paz e evitar o risco de esquecer os muitos conflitos que acontecem no mundo.  Pode se tornar uma oportunidade para chamar a atenção da comunidade internacional, de todos aqueles que têm alguma responsabilidade e estão de alguma forma envolvidos nas muitas situações de violência e de conflito no mundo todo. 

«Quanto sofrimento, quanta devastação, quanta dor levou e leva o uso das armas, especialmente entre a população civil e desarmada!  Quantas crianças não poderão ver a luz do futuro!  Com uma firmeza particular condeno o uso das armas químicas!  Digo-lhes que tenho ainda na mente e no coração as terríveis imagens dos dias passados!  Há um juízo de Deus e também um juízo da história sobre nossas ações dos quais não se pode fugir!  Não é jamais o uso da violência que traz a paz. Guerra chama guerra, violência chama violência!», este o apelo do Papa Francisco no Angelus do dia 1º de setembro de 2013.

Não se pode esquecer as guerras e conflitos no Oriente Médio e na África; os numerosos refugiados vindos da Palestina, da Síria e do Iraque;  os milhões de desalojados, entre os quais tantas crianças, da República Centroafricana e do Sudão do Sul; as crises de Damasco e de Kiev; as tensões civis na Venezuela, Thailandia e Coreia do Norte;  as vítimas esquecidas do dia a dia, os indizíveis sofrimentos, os milhares de refugiados, entre os quais idosos e  crianças, que sofrem e às vezes morrem de fome e de doenças causadas pela guerra.

A missão do Espírito Santo é gerar harmonia e realizar a paz nos diferentes contextos e entre pessoas diversas. A realização da paz depende, antes de tudo, do reconhecimento de ser, em Deus, uma única família humana.  A paz nasce e se consolida com a verdade de que não apenas temos todos o mesmo sangue e fazemos parte do gênero humano, mas também que temos um único Pai no céu e somos todos seus filhos, criados à sua imagem e semelhança.

«A paz – disse o Santo Padre – se faz artesanalmente!  Não existem indústrias de paz, não. Ela é feita cada dia, artesanalmente, e também com o coração aberto para que venha o “dom de Deus”.  O artesão de paz – seja ele homem da rua ou líder nacional – precisa da oração porque, através dela, o Espírito de Deus “unge” e dispõe o coração para conservar a paz, para ser mensageiro e testemunha de paz».

O êxodo rumo à paz exige coragem, firmeza e o sustento da oração.

Escrever comentário
3 comentários
07/06/2014 18:16:53 - Maria Pilar Andres Vela

Me uno con amor a los deseos de PAZ, invocando al Espiritu Santo en Pentecostés por intercesion de Maria Auxiliadora de la PAZ, para que nuestro mundo reciba este don principalmente alli donde es mas urgente.

07/06/2014 12:30:56 - Sr. Ada Bisci

Lo Spirito di Dio è la nostra Forza; la nostra gioia nel consiglio, nella pietà ed in tutte le diverse circostanze da Lui preparate nel nostro cammino. E' lo Spirito Santo che ci fa capire quanto è grande donare un bicchier d'acqua per amor di Dio , che è più bello donare che ricevere, aiutare a portare la croce che disinteressarsi del prossimo; è dono dello Spirito credere nel Verbo fatto uomo per salvarci, ed essere fedeli nel discepolato. E allora, O Spirito d' Amore, rimani sempre con noi insegnaci la Vita di Dio perché siamo suoi figli e vogliamo servirlo e testimoniarlo ogni giorno.

06/06/2014 21:33:59 - Aida

Que alegría darle espacio al Espiritu de Dios,hagamos fuerza de llamar al ESPIRITU SANTO que nos fortalezca a dar pasos de bien,gestos concretos de acompañarnos,como hermanos,sin ver razas,religión condición social,somos hermanos peregrinos....de paso.....busquemos las cosas que nos acerquen mas.....legará la PAZ....aida


OK Su questo sito NON utilizziamo cookie di profilazione, ma solo cookie tecnici e/o per il monitoraggio degli accessi. Se vuoi saperne di più clicca qui. Cliccando sul pulsante OK presti il consenso all'uso di tutti i cookie.