Logo istituzionale delle Figlie di Maria Ausiliatrice - Vai alla Home Page del Portale
20/8/2018 Jovens participam de experiência missionária na Aldeia Meruri
Jovens participam de experiência missionária na Aldeia Meruri

Entre os dias 08 a 14 de julho de 2018, um grupo de jovens das Inspetorias Santa Catarina de Sena e Nossa Senhora da Paz participaram de uma rica experiência missionária, junto à tribo Bororo da Aldeia Meruri, localizada no Município de General Carneiro (442 Km de Cuiabá). A Aldeia é composta por 65 famílias de Povos Bororos e cerca de mais 10 famílias de aldeias vizinhas.

Os primeiros salesianos chegaram à terra Bororo no dia18 de janeiro de 1902. Eram salesianos, salesianas e leigos que vieram com o objetivo de desenvolver um trabalho educativo-pastoral em conjunto. O Diretor era o Pe. João Bálzola e a Diretora, Irmã Rosa Kiste. Construíram a primeira missão na região denominada “toripó” (Tachos).

Sagrado Coração de Meruri

Ir. Vânia Ojeda, Coordenadora Nacional da Pastoral Juvenil Salesiana, destacou que a escolha da Aldeia Meruri foi providencial. Inicialmente, pensou-se na realização do trabalho missionário com os Xavantes, em Sangradouro. Porém, a tribo estava vivendo o período anual de ritos.

E, por isso, começou-se a idealizar a experiência com o povo Boe Bororo, a partir do conhecimento da aldeia e consultas com o Irmã Nelcina Alves e com o Padre Andelson Dias que atuam diretamente na Missão entre este povo. Percebeu-se imediataente que o local era ideal para esta primeira Experiência Missionária. Tudo se encaixou, facilitando o trabalho missionário. Realmente foi preciso tirar as sandálias para conhecermos a Cultura Boe Bororo.

Experiência Missionária

Sair em missão é esvaziar-se de si para ir ao encontro do próximo, de novos sorrisos, olhares, histórias, alegrias e até mesmo sofrimentos. Foi com essa certeza que saí para mais uma missão. Mas, desta vez, a realidade que iria encontrar era diferente daquela que estava acostumado a vivenciar nas missões. Fui ao encontro dos nossos irmãos Boe Bororo, na Aldeia Meruri, em Mato Grosso, com um grupo de missionários e missionárias que ainda não conhecia. Assim como os primeiros salesianos, nós missionários, iniciamos a missão na região dos Tachos (“toripó”), local da primeira presença salesiana junto a este povo..

Cada missão é única em nossas vidas e dessa levo comigo o sorriso de cada criança, o abraço apertado de cada pessoa, cada história compartilhada, o desejo de reavivar a cultura de um povo e conservar, com carinho, a memória dos momentos compartilhados com eles.

Luis Felipe de Paula Santos, 26 anos e Ex-aluno do Instituto Nossa Senhora do Carmo-Guaratinguetá/SP

Presença Salesiana com povo indígena

Pe. Andelson Dias, diretor da comunidade de Meruri, destacou que a história da aliança entre os missionários e os indígenas Boe Bororo é antiga. Desde o início, o papel mais importante da presença dos missionários foi o cuidado os indígenas. Havia pressão de todos os lados: fazendeiros, outras etnias que poderiam exterminar esta nação. No início, além da catequese foram trabalhados outros conhecimentos: agricultura, corte e costura, etc. Atualmente, os missionários , em primeiro lugar, convivem e partilham a vida com eles, colaborando, também nas áreas da: educação, saúde, agricultura familiar, formação política e a luta pelos seus direitos. O fruto mais bonito da aliança entre missionários e os Boe Bororo foi o Martírio do

Padre Rodolfo e do Índio Simão Bororo. A entrega destes dois irmãos possibilitou a demarcação da terra e o nascimento considerável do povo. Estamos unidos pelo sangue.

Missão Salesiana

Na chegada, os jovens-missionários foram recebidos pelo pároco de Meruri, Pe. Andelson Dias, sdb, e Ir. Nelcina Alves de Souza fma e tiveram a oportunidade de conhecer a história dos mártires, Rodolfo Lunkenbein, sdb, e Simão Cristino Koge Ekudugodu, bororo.

A Semana Missionária proporcionou aos jovens a oportunidade de experimentar Deus em meio ao povo indígena, construindo relações de caridade, espiritualidade e fraternidade, partilhando espaços para o dinamismo juvenil.

Durante a semana, os entusiasmados missionários conheceram, um pouco, da cultura indígena; realizaram bênçãos nas casas da Aldeia; visitaram a região denominada “Tachos”, primeiro local da experiência missionária dos SDB e FMA; animaram o Oratório Festivo para crianças e adolescentes da comunidade. No alto do Morro de Meruri, participaram da Lectio Divina com o Pe. Andelson, Ir. Vânia Ojeda e Ir. Maria das Graça Rodrigues. Tiveram a oportunidade de um encontro com o Inspetor, Pe. Gildásio Mendes dos Santos, que partilhou a alegria de encontrar os jovens-missionários em Meruri.

História e Cultura

Em resumo, todos os missionários, participantes da experiência em Meruri, gostariam de agradecer imensamente aos organizadores desta missão incrível e, também, a toda a aldeia de Meruri, que nos acolheu e nos mostrou a sua vida simples e singela e que nos encantou com a espontaneidade da amizade das crianças (pigoros) de Meruri.

Resumir esta experiência com palavras parece pouco. Foi preciso sentir, foi preciso abrir o coração e a mente e entrar na cultura tão rica e viva daquela aldeia. Ouvir o Vice Cacique, José Mário, nos fazia relembrar o quão sagrado é o chão que pisávamos, nos dava a dimensão da importância do local e fez sentir especiais em estar no lugar em que o sangue de Pe. Rodolfo e de Simão bororo foram derramados. Era visível, em cada missionário, a vontade de ser protagonista e fazer da nossa missão uma experiência completa.

Na hora da partida, levamos parte da aldeia de Meruri conosco. Saímos daquela terra sagrada marcados pela sua história e cultura.

Matheus Ibane | Missionário de Cuiabá

Parabéns a todos que participaram desta Missão e tiveram a oportunidade de fortalecer a fé e crescer na espiritualidade cristã/salesiana.

 
Invia ad un amico Stampa Aggiungi ai preferiti
Ultimi aggiornamenti
  • 4/10/2019 A ti te los confío
  • 1/10/2019 “Navegar é preciso, proteger também! ”
  • 26/8/2019 Auxiliadora-Petrolina promoveu Seminário de Profissões para alunos do Ensino Médio
  • 17/8/2019 Non siamo i “benvenuti”, ma i “bentornati”!
  • 1/8/2019 "Façamos ressoar esperança e confiança na juventude”.
  • 3/6/2019 Projeto Amigos Leitores
  • 30/5/2019 Novena e festa di Maria Ausiliatrice
  • 24/5/2019 Seminários sobre “Pesquisa em Saúde” e “Câncer” mobilizam estudantes e profissionais
  • 14/5/2019 La Visite de la Sœur Maria Nieves Roboso en AFC (RDC)
  • 30/4/2019 The New Wine of Joy: A Prophetic Encounter
  • 25/3/2019 VOICE OF FMA Project Mornese 2019
  • 24/2/2019 Mondo-Mania, un Progetto sull’Immigrazione
  • 12/1/2019 Un cuore salesiano non va mai in vacanza
  • 13/12/2018 Ehoes of the Youth Synod in India
  • 4/12/2018 Giovani solidali con ammalati Aids
  • 17/11/2018 La Dichiarazione Universale dei Diritti Umani
  • 5/10/2018 Children and youth defending human rights
  • 28/9/2018 SEGUI IL TUO SOGNO
  • 26/9/2018 The Dream of Peace: an Artist’s Vision
  • 2/9/2018 CAMPO BOSCO 2018 “FAREMOS TUDO A MEIAS”
  • 2/9/2018 Viagens ampliam conhecimento
  • 20/8/2018 Jovens participam de experiência missionária na Aldeia Meruri
  • 10/7/2018 “Encuentros que forman y trasforman” - Experiencia Proyecto Mornés FMA 2018
  • 8/6/2018 SynLabAux: coltiva il talento
  • 26/4/2018 Progetto Mornese FMA e Laici
  • 12/4/2018 I giovani della Casa Paolo VI - Concesio
  • 25/3/2018 Alternanza scuola-lavoro
  • 26/2/2018 EL ECO DE LOS JÓVENES
  • 26/1/2018 Una chiesa che “produce dal basso”
  • 23/1/2018 Accompagnati per accompagnare
  • 14/1/2018 Il mio primo incontro con le Nazioni Unite
  • 10/1/2018 In ascolto dei giovani
  • 9/1/2018 Missionari per la Vita
  • 5/1/2018 Fare casa
  • 14/12/2017 Ad Haiti ho trovato una casa
  • 11/12/2017 Giovani e scelte di vita
  • 2/12/2017 Verso la Giornata Mondiale dei diritti umani
  • 23/11/2017 Formación de animadores y preanimadores en Aragón
  • 21/11/2017 Obklopoval nás sneh a Božie slovo
  • 14/11/2017 Zurückschauen und Vordenken
  • 9/11/2017 Experiência de saída, experiência missionária
  • 7/11/2017 Il volontariato, forza creativa per la pace
  • 29/10/2017 “Manos que dan, nunca estarán vacías”
  • 24/10/2017 SOY SALESIANA CON SANGRE MEXICANA
  • 28/9/2017 EL MEJOR MOTIVO PARA SEGUIR LUCHANDO
  • 26/9/2017 Vi que el servicio era alegría
  • 11/9/2017 Educomunicação em pauta
  • 5/9/2017 Sou fruto da educação salesiana
  • 26/8/2017 The Oratorian Heart for Peace in the Middle East
  • 24/8/2017 A piedi nudi
  • IL MURETTO - GuestBook
     Nome
     Email
     Messaggio


      sistaele 10/4/2017  
      ... just imagine a big crowd of young people from a variety of ethnic communities, all belonging to Shillong Province… such a feast to the eyes and a blessing to the heart of Mother Yvonne!
      sistaele 3/3/2017  
      ... quelle di papa Francesco, le scelte che coscientizzano! Grazie per la tua firma, Francesco e grazie al Sermig, movimento coraggioso e coinvolgente... con la bontà che disarma!
      Sr. Theresa Lee 21/2/2017  
      FANTASTIC (initiative)! Thank you!
      sistaele 28/1/2017  
      Informazione,denuncia, educazione preventiva perchè bambini, adolescenti, giovani donne non siano più schiavi e il mondo degli adulti si converta...
      Aminange ilunga 6/11/2016  
      je suis tres heureuse d`apprendre que la mere generale vindra au lycee hodari le 09/11.